About Me



About Me 2

header ads


   Compartilhar    Contador-img1  

“Ele vai fortalecer nossa pré-campanha”, avalia Baldy sobre Tomazini


Após bater o martelo e escolher o industrial Chico Tomazini (UB) como suplente, o pré-candidato ao Senado Alexandre Baldy (Progressistas) acredita que a chegada do empresário deve fortalecer seu projeto de pré-campanha. Baldy já havia sondado outros nomes para compor com ele na chapa, mas resolveu optar por Chico, por acreditar que é um nome conhecido no meio industrial e político, principalmente nas regiões Sudeste e Sul do Estado, onde o empresário tem indústria e a esposa é prefeita de Pires do Rio.


Na semana passada, Baldy e Tomazini estiveram juntos em Pires do Rio, cidade da prefeita Cida Tomazini (UB), esposa do empresário. Na ocasião, Cida postou sua aprovação a nova empreitada do marido em suas redes sociais e seu apoio à pré-campanha de Baldy. A notícia causou espanto no meio político, já que Chico era ventilado para ser suplente de outro pré-candidato ao Senado, também da base do governador Ronaldo Caiado.


No mesmo dia em que amarrou o apoio da prefeita Cida, Baldy arrebatou outros prefeitos. Entre Bela Vista a Catalão, o político se reuniu com esses líderes que confirmaram caminhar com Baldy nessas eleições. “Podemos dizer assim, com toda certeza, que apresentamos agora a maior força política de toda a região Sudeste de Goiás”, comemora. Também na sexta, os prefeitos de Ipameri, Santa Cruz de Goiás, São Miguel do Passa Quatro e Orizona, por meio de videoconferência, selaram apoio a Baldy.

  

Base de Caiado


Do mesmo partido e um grande aliado de Ronaldo Caiado, Tomazini pode ser a carta na manga que Baldy guardava para ser o pré-candidato ao Senado da base do governado. Ambos, Baldy e Tomazini, são empresários de bem-sucedidos, nomes de peso, com influência política no governo federal, amigos pessoais do Ministro Ciro Nogueira e aliados do presidente Jair Bolsonaro. Lembrando que a relação entre Caiado e Bolsonaro não está lá uma lua de mel, e o governador tenta, a todo custo, reverter esta situação. 


Mas Baldy garante que mesmo que não seja o escolhido da base do governado, segue caminhando em candidatura isolada. “Ao contrário de outros nomes, não pretendo flertar com a oposição, serie fiel à decisão do partido e trabalharei para reeleger nosso governador. Acredito no nosso trabalho e apresentamos até aqui uma pré-candidatura bastante competitiva”, avalia.


Pesquisa Serpes/O Popular


Sobre os números da pesquisa Serpes/O Popular, divulgados no fim de semana, Baldy acredita que ainda é cedo para confiar em pesquisa eleitoral. “É um balizador importante para o candidato, mas o quadro eleitoral ainda não está sequer em avaliação pelos cidadãos. Após o dia 5 de agosto [data das convenções partidárias], esses números vão surpreender muita gente”


A pesquisa contou com o nome de Marconi Perillo para senador, mas no sábado (16), o político confirmou sua disputa para o governo de Goiás, deixando assim a disputa para Caiado ainda mais acirrada. O que pode influenciar o governador em optar por Baldy na sua chapa. 


Isso porque, com um cenário ao Senado sem Marconi, Baldy é considerado o político, entre os três primeiros nomes que aparecem na pesquisa Serpes/O Popular, o pré-candidato com mais experiência política. Já acumulou cargos de deputado federal, ministro de governo e secretário de Goiás e São Paulo.


Fonte: ASCOM


“Ele vai fortalecer nossa pré-campanha”, avalia Baldy sobre Tomazini | Jornal Online Nossa Voz

Senador Canedo

Fonte

 

fixImgOG fixImgOG fixImgOG