deputado Julio Pina


https://schema.org/ NewsArticle Técnicos do Escritório Executivo do Juntos pelo Araguaia realizam vistoria ao Lote 2, em Santa Rita do Araguaia, e destacam 'ações de excelência' executadas pelo Instituto Espinhaço nas áreas visitadas Técnicos do Escritório Executivo do Juntos pelo Araguaia realizam vistoria ao Lote 2, em Santa Rita do Araguaia, e destacam 'ações de excelência' executadas pelo Instituto Espinhaço nas áreas visitadas https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEgIEgPkfsXqpxKhwZN_ggDmkxQr8hUWf7y4ZuAFre0AI09s1MNg2KZMpahONCjIK7ww_33K7qNpW7tfJf1cJDSYfikL5BR9TiW58UDOPPMBW8LaG_USPHkiBnuqivrTvGJyT76reVmHcbwaixTCXqIdQ7PH_dxqwCpKgcwZiVFlTUBNaZhWijAoM38wfcw/w1920/tecnicos-do-escritorio-executivo-do-jpa.jpg Organization Jornal Online Nossa Voz ImageObject https://www.jornalonlinenossavoz.com/2024/02/01-1706787259.html Técnicos do Escritório Executivo do Juntos pelo Araguaia realizam vistoria ao Lote 2

Empresa patrocinadora, Hypera Pharma, participa da iniciativa durante quatro dias neste mês de janeiro. No município, atividades de cercamento, plantio de mudas nativas e conservação de solo executadas pelo JPA visam auxiliar produtores rurais que chegam a ter três nascentes com drenagens diferentes, dentro das propriedades. Acompanhamento aconteceu em 11 localidades beneficiadas pelo programa. 

 

Foto: JPA 


Técnicos do Escritório Executivo de Projetos (EEP) do Programa Juntos pelo Araguaia (JPA) realizaram, durante quatro dias neste mês de janeiro de 2024, vistoria ao Lote 2, localizado no município de Santa Rita do Araguaia. Eles aprovaram o trabalho em curso e destacaram 'ações de excelência' executadas pelo Instituto Espinhaço nas áreas visitadas. Também participou a empresa patrocinadora, Hypera Pharma.


No município, as ações de conservação de solo executadas pelo programa visam auxiliar os produtores rurais que chegam a ter até três nascentes com drenagens diferentes, dentro das propriedades. No total, foram visitadas 11 localidades que são beneficiadas com as ações do JPA.


O trabalho realizado pelo Instituto Espinhaço inclui cercamento, plantio de mudas nativas, enriquecimento, conservação de solo para prevenir e conter erosões.


O Escritório Executivo em Santa Rita do Araguaia também participou de visitas a instituições educacionais, o Centro de Ensino em Período Integral (Cepi) Ivo de Moraes Cajango e a Escola Municipal João Paula da Cruz. 


O prefeito de Santa Rita do Araguaia, Carlos Tadeu, e o secretário de Meio Ambiente, Vandro Cláudio Lorenzi, enalteceram as ações do Programa Juntos pelo Araguaia. 


Nas unidades de ensino, o JPA, por meio do Instituto Espinhaço, realiza permanentes atividades voltadas para educação ambiental. Estas ações de conscientização também englobam as comunidades locais, produtores rurais e parceiros para que todos possam ser guardiões ativos do meio ambiente.


JPA em ação

A ações do JPA no Lote 2 incluem plantio, conservação de solo para prevenir e conter erosões, inclusive as consideradas voçorocas. Em localidades onde se pratica cultivo de soja, são realizadas atividades de adensamento com mudas nativas, como jatobá, angico, aroeira, urucum e outros. 


O Juntos pelo Araguaia, em outra propriedade, executa o plantio de agroflorestal com mudas nativas. Em localidade onde existem criação de gado leiteiro e preparação para arrendamento destinado ao plantio de soja, o trabalho realizado é de enriquecimento.


Em propriedade com nascente e produção diversificada como plantio de soja, eucalipto, seringueiras e criação de gado, o trabalho do Instituto Espinhaço foi o de plantio de mudas nativas. 


Em outra localidade com criação de gado, as ações foram de conservação de solo e plantio em área arenosa e de drenagem. Numa propriedade que abriga o Rio Babilônia, maior afluente do Araguaia, o JPA fez cercamento e plantio de enriquecimento próximo às duas nascentes. 


Em outra localidade com árvores frutíferas e criação de gado, com presença de nascente que abastece várias propriedades da região, a atividade realizada pela executora foi de conservação de solo e plantio. 


Educação ambiental

No Centro de Ensino em Período Integral (Cepi) Ivo de Moraes Cajango, a diretora pedagógica, Telhamar Rezende de Farias, destacou o trabalho realizado pela executora voltado para educação ambiental. As ações de conscientização também foram ressaltadas pela professora Valquíria Alves Gonzaga, da Escola Municipal João Paula da Cruz.


Fotos: JPA


Legenda: Técnicos do Escritório Executivo de Projetos do Juntos pelo Araguaia realizam vistoria ao Lote 2, em Santa Rita do Araguaia, e constatam 'excelência das ações' executadas pelo Instituto Espinhaço: trabalho inclui cercamento, plantio de mudas nativas, enriquecimento, conservação de solo para prevenir e conter erosões


* Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Goiás (Semad) - Escritório Executivo de Projetos (EEP) do Programa Juntos pelo Araguaia (JPA)


true 2024 pt-BR WebPage https://www.jornalonlinenossavoz.com/#website https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEgIEgPkfsXqpxKhwZN_ggDmkxQr8hUWf7y4ZuAFre0AI09s1MNg2KZMpahONCjIK7ww_33K7qNpW7tfJf1cJDSYfikL5BR9TiW58UDOPPMBW8LaG_USPHkiBnuqivrTvGJyT76reVmHcbwaixTCXqIdQ7PH_dxqwCpKgcwZiVFlTUBNaZhWijAoM38wfcw/w1920/tecnicos-do-escritorio-executivo-do-jpa.jpg Notícias Goiás Últimas notícias Notícias Goiás Uncategorized

Técnicos do Escritório Executivo do Juntos pelo Araguaia realizam vistoria ao Lote 2, em Santa Rita do Araguaia, e destacam 'ações de excelência' executadas pelo Instituto Espinhaço nas áreas visitadas

Empresa patrocinadora, Hypera Pharma, participa da iniciativa durante quatro dias neste mês de janeiro. No município, atividades de cercamento, plantio de mudas nativas e conservação de solo executadas pelo JPA visam auxiliar produtores rurais que chegam a ter três nascentes com drenagens diferentes, dentro das propriedades. Acompanhamento aconteceu em 11 localidades beneficiadas pelo programa. 

 

Foto: JPA 


Técnicos do Escritório Executivo de Projetos (EEP) do Programa Juntos pelo Araguaia (JPA) realizaram, durante quatro dias neste mês de janeiro de 2024, vistoria ao Lote 2, localizado no município de Santa Rita do Araguaia. Eles aprovaram o trabalho em curso e destacaram 'ações de excelência' executadas pelo Instituto Espinhaço nas áreas visitadas. Também participou a empresa patrocinadora, Hypera Pharma.


No município, as ações de conservação de solo executadas pelo programa visam auxiliar os produtores rurais que chegam a ter até três nascentes com drenagens diferentes, dentro das propriedades. No total, foram visitadas 11 localidades que são beneficiadas com as ações do JPA.


O trabalho realizado pelo Instituto Espinhaço inclui cercamento, plantio de mudas nativas, enriquecimento, conservação de solo para prevenir e conter erosões.


O Escritório Executivo em Santa Rita do Araguaia também participou de visitas a instituições educacionais, o Centro de Ensino em Período Integral (Cepi) Ivo de Moraes Cajango e a Escola Municipal João Paula da Cruz. 


O prefeito de Santa Rita do Araguaia, Carlos Tadeu, e o secretário de Meio Ambiente, Vandro Cláudio Lorenzi, enalteceram as ações do Programa Juntos pelo Araguaia. 


Nas unidades de ensino, o JPA, por meio do Instituto Espinhaço, realiza permanentes atividades voltadas para educação ambiental. Estas ações de conscientização também englobam as comunidades locais, produtores rurais e parceiros para que todos possam ser guardiões ativos do meio ambiente.


JPA em ação

A ações do JPA no Lote 2 incluem plantio, conservação de solo para prevenir e conter erosões, inclusive as consideradas voçorocas. Em localidades onde se pratica cultivo de soja, são realizadas atividades de adensamento com mudas nativas, como jatobá, angico, aroeira, urucum e outros. 


O Juntos pelo Araguaia, em outra propriedade, executa o plantio de agroflorestal com mudas nativas. Em localidade onde existem criação de gado leiteiro e preparação para arrendamento destinado ao plantio de soja, o trabalho realizado é de enriquecimento.


Em propriedade com nascente e produção diversificada como plantio de soja, eucalipto, seringueiras e criação de gado, o trabalho do Instituto Espinhaço foi o de plantio de mudas nativas. 


Em outra localidade com criação de gado, as ações foram de conservação de solo e plantio em área arenosa e de drenagem. Numa propriedade que abriga o Rio Babilônia, maior afluente do Araguaia, o JPA fez cercamento e plantio de enriquecimento próximo às duas nascentes. 


Em outra localidade com árvores frutíferas e criação de gado, com presença de nascente que abastece várias propriedades da região, a atividade realizada pela executora foi de conservação de solo e plantio. 


Educação ambiental

No Centro de Ensino em Período Integral (Cepi) Ivo de Moraes Cajango, a diretora pedagógica, Telhamar Rezende de Farias, destacou o trabalho realizado pela executora voltado para educação ambiental. As ações de conscientização também foram ressaltadas pela professora Valquíria Alves Gonzaga, da Escola Municipal João Paula da Cruz.


Fotos: JPA


Legenda: Técnicos do Escritório Executivo de Projetos do Juntos pelo Araguaia realizam vistoria ao Lote 2, em Santa Rita do Araguaia, e constatam 'excelência das ações' executadas pelo Instituto Espinhaço: trabalho inclui cercamento, plantio de mudas nativas, enriquecimento, conservação de solo para prevenir e conter erosões


* Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Goiás (Semad) - Escritório Executivo de Projetos (EEP) do Programa Juntos pelo Araguaia (JPA)


 

Postado por:

quinta-feira, 01 fevereiro 2024, 11:34:00
 

Descrição: Técnicos do Escritório Executivo do Juntos pelo Araguaia realizam vistoria ao Lote 2 Legenda; Técnicos do Escritório Executivo do Juntos pelo Araguaia realizam vistoria ao Lote 2

 
TAG´s:

 

 

Comentários