deputado Julio Pina


https://schema.org/ NewsArticle Workshop apresenta pesquisas feitas no Parque Estadual da Serra de Caldas Novas em 2023 Workshop apresenta pesquisas feitas no Parque Estadual da Serra de Caldas Novas em 2023 https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEgAqisIXiirKRzpH_IA9qe8HNSNbyTvZXw7o0osmxhsV7oLYsVZvMm2K6-hoIFLpGezH1yI0Yf4lckBxgNa-CiVZNYA7s37CjQeAb38p3R55F5l61cGv0K67LIXFyI03vUwNSow7Dit2lo1X1usej_lN7YL8PZty6kYgf3aGwe_Jo59JBb4Ny_cWFCZOnA/w1920/semad-goias.jpg Organization Jornal Online Nossa Voz ImageObject https://www.jornalonlinenossavoz.com/2024/01/11-1704971833.html Workshop apresenta pesquisas feitas no Parque Estadual da Serra de Caldas Novas em 2023

Pesquisadores reunidos são do Programa de Conservação Mamíferos do Cerrado; programação segue até o dia 13 de janeiro, na unidade de conservação




Os pesquisadores do Programa Nacional de Conservação Mamíferos do Cerrado (PCMC) realizam, até o dia 13 de janeiro, a Reunião Anual do PCMC, no Parque Estadual da Serra de Caldas Novas (Pescan). O objetivo do encontro será apresentar e discutir os resultados obtidos em 2023, além de definir novas atividades e etapas que serão desenvolvidas neste ano.


O PCMC conduz programas, em parceria com a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Goiás (Semad), no Pescan e, também, no Parque Estadual da Mata Atlântica (Pema). Desde 2021, no Pema, são realizados os projetos “Suçuaranas no Quintal” e “Detetives Ecológicos”. Na unidade de conservação de Caldas Novas, em 2023, foi iniciado o projeto “Amora”.


Parceria com a Semad

O projeto Suçuaranas no Quintal, realizado junto ao Detetive Ecológico, tem o objetivo de desenvolver ações de dimensões humanas para promover o protagonismo social e contribuir para a coexistência entre pessoas e a fauna silvestre, como a onça-parda.


Fruto de parceria com a Semad, a ação, em 2023, visitou propriedades rurais no Corredor Ecológico Pema-Pescan para identificar possíveis conflitos entre proprietários e onças-parda, percepções sobre este felino e possíveis estratégias para evitar conflitos com a fauna. Foram desenvolvidos 3 guias de coexistência humano-fauna baseados nessas visitas. Também foram desenvolvidas atividades de educação ambiental em escolas do ensino infantil ao médio, em Unidades de Conservação e outros espaços não formais e informais de ensino.


O projeto Detetives Ecológicos tem como objetivo preencher lacunas de conhecimento sobre a ecologia e o comportamento da onça-parda (Puma concolor) em paisagens protegidas e não protegidas, no sudeste de Goiás. Com ferramentas da ecologia do movimento dos animais, as características da paisagem e o uso do solo, o projeto visa indicar áreas de relevância biológica para a conservação da biodiversidade no sudeste goiano. Por meio de armadilhamento fotográfico, foram registradas diferentes espécies raras e ameaçadas de extinção no Pema. Duas onças-parda receberam coleira rádio-transmissora GPS para monitoramento. A partir destes dados acompanhamos a movimentação das onça e as presas consumidas por elas.


No Pescan, o PCMC realiza ainda o projeto Amora. A iniciativa propõe entender a estrutura e a dinâmica da população de cães domésticos e seu papel na região do entorno do Pescan.  Assim, os pesquisadores vão avaliar o impacto dos cães para a fauna do parque e propor medidas que beneficiem os cães, a fauna silvestres e as pessoas. Durante 2023 foram realizadas visitas para a aplicação de questionários na comunidade e avaliação de ações que possam ajudar no manejo dos cães.


Conheça o Pescan

Criado em 1970, o Parque Estadual da Serra de Caldas Novas (Pescan) é uma unidade de conservação localizada nos municípios de Caldas Novas e Rio Quente. O parque tem uma área de 12,3 mil hectares e é importante para a conservação da fauna, flora e mananciais da região. A unidade está aberta à visitação de terça a domingo, das 8h às 17h. Os visitantes podem fazer trilhas, visitar cachoeiras e praticar esportes de aventura. Além disso, o parque também oferece atividades educacionais e culturais.


Foto: PCMC/Divulgação


Legenda: Pesquisadores se reúnem no Pescan para discutir resultados de pesquisas feitas no parque em 2023 e traçar perspectivas para o próximo ano


* Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável - Governo de Goiás

 

true 2024 pt-BR WebPage https://www.jornalonlinenossavoz.com/#website https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEgAqisIXiirKRzpH_IA9qe8HNSNbyTvZXw7o0osmxhsV7oLYsVZvMm2K6-hoIFLpGezH1yI0Yf4lckBxgNa-CiVZNYA7s37CjQeAb38p3R55F5l61cGv0K67LIXFyI03vUwNSow7Dit2lo1X1usej_lN7YL8PZty6kYgf3aGwe_Jo59JBb4Ny_cWFCZOnA/w1920/semad-goias.jpg Notícias Goiás Últimas notícias Notícias Goiás Uncategorized

Workshop apresenta pesquisas feitas no Parque Estadual da Serra de Caldas Novas em 2023

Pesquisadores reunidos são do Programa de Conservação Mamíferos do Cerrado; programação segue até o dia 13 de janeiro, na unidade de conservação




Os pesquisadores do Programa Nacional de Conservação Mamíferos do Cerrado (PCMC) realizam, até o dia 13 de janeiro, a Reunião Anual do PCMC, no Parque Estadual da Serra de Caldas Novas (Pescan). O objetivo do encontro será apresentar e discutir os resultados obtidos em 2023, além de definir novas atividades e etapas que serão desenvolvidas neste ano.


O PCMC conduz programas, em parceria com a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Goiás (Semad), no Pescan e, também, no Parque Estadual da Mata Atlântica (Pema). Desde 2021, no Pema, são realizados os projetos “Suçuaranas no Quintal” e “Detetives Ecológicos”. Na unidade de conservação de Caldas Novas, em 2023, foi iniciado o projeto “Amora”.


Parceria com a Semad

O projeto Suçuaranas no Quintal, realizado junto ao Detetive Ecológico, tem o objetivo de desenvolver ações de dimensões humanas para promover o protagonismo social e contribuir para a coexistência entre pessoas e a fauna silvestre, como a onça-parda.


Fruto de parceria com a Semad, a ação, em 2023, visitou propriedades rurais no Corredor Ecológico Pema-Pescan para identificar possíveis conflitos entre proprietários e onças-parda, percepções sobre este felino e possíveis estratégias para evitar conflitos com a fauna. Foram desenvolvidos 3 guias de coexistência humano-fauna baseados nessas visitas. Também foram desenvolvidas atividades de educação ambiental em escolas do ensino infantil ao médio, em Unidades de Conservação e outros espaços não formais e informais de ensino.


O projeto Detetives Ecológicos tem como objetivo preencher lacunas de conhecimento sobre a ecologia e o comportamento da onça-parda (Puma concolor) em paisagens protegidas e não protegidas, no sudeste de Goiás. Com ferramentas da ecologia do movimento dos animais, as características da paisagem e o uso do solo, o projeto visa indicar áreas de relevância biológica para a conservação da biodiversidade no sudeste goiano. Por meio de armadilhamento fotográfico, foram registradas diferentes espécies raras e ameaçadas de extinção no Pema. Duas onças-parda receberam coleira rádio-transmissora GPS para monitoramento. A partir destes dados acompanhamos a movimentação das onça e as presas consumidas por elas.


No Pescan, o PCMC realiza ainda o projeto Amora. A iniciativa propõe entender a estrutura e a dinâmica da população de cães domésticos e seu papel na região do entorno do Pescan.  Assim, os pesquisadores vão avaliar o impacto dos cães para a fauna do parque e propor medidas que beneficiem os cães, a fauna silvestres e as pessoas. Durante 2023 foram realizadas visitas para a aplicação de questionários na comunidade e avaliação de ações que possam ajudar no manejo dos cães.


Conheça o Pescan

Criado em 1970, o Parque Estadual da Serra de Caldas Novas (Pescan) é uma unidade de conservação localizada nos municípios de Caldas Novas e Rio Quente. O parque tem uma área de 12,3 mil hectares e é importante para a conservação da fauna, flora e mananciais da região. A unidade está aberta à visitação de terça a domingo, das 8h às 17h. Os visitantes podem fazer trilhas, visitar cachoeiras e praticar esportes de aventura. Além disso, o parque também oferece atividades educacionais e culturais.


Foto: PCMC/Divulgação


Legenda: Pesquisadores se reúnem no Pescan para discutir resultados de pesquisas feitas no parque em 2023 e traçar perspectivas para o próximo ano


* Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável - Governo de Goiás

 

 

Postado por:

quinta-feira, 11 janeiro 2024, 11:07:00
 

Descrição: Workshop apresenta pesquisas feitas no Parque Estadual da Serra de Caldas Novas em 2023 Legenda; Workshop apresenta pesquisas feitas no Parque Estadual da Serra de Caldas Novas em 2023

 
TAG´s:

 

 

Comentários