deputado Julio Pina


https://schema.org/ NewsArticle Estudantes da rede estadual de Terezópolis estudam fauna e flora do Cerrado durante aula no Peamp Estudantes da rede estadual de Terezópolis estudam fauna e flora do Cerrado durante aula no Peamp https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEhCdTtkkrlVhSxzoNIN5BQpcgmbFH98fUeptSg8FzWAK1M8yzRd07rAcX2cWE6sallA1UzFLkneTuO_700Vv6OB36uUncDXAkbDgZRHqByUzeDKFcXTcbSGqefiVIlHt79D_4e-8fsTT_F-Msn45-GCblY8ntslfxuCoeZwUV0aNnI7YuTc3v8dY9RA/w1920/divulgacao.jpg Organization Jornal Online Nossa Voz ImageObject https://www.jornalonlinenossavoz.com/2023/05/estudantes-da-rede-estadual-de.html Estudantes da rede estadual de Terezópolis estudam fauna e flora do Cerrado durante aula no Peamp

Cerca de 45 alunos estiveram no parque estadual; unidade deve receber novas visitas ainda neste mês. 


Foto: Semad-GO 


Estudantes do segundo ano do Colégio Estadual Alfredo Nasser, em Terezópolis, participaram nesta terça-feira (02/05) de aula de campo no Parque Estadual Altamiro de Moura Pacheco (Peamp). Os jovens, que estão concluindo estudos sobre ecologia, tiveram contato direto com a natureza e aprofundaram conhecimentos sobre o Cerrado. “Foi um dia importante para trazermos esse conhecimento sobre o cerrado aos jovens, todos interagiram muito bem com a aula”, disse o chefe da unidade de conservação Marcelo Pacheco, que comandou a aula.


Para a estudante Miriã dos Santos, 17 anos, o “mais interessante” foi conhecer detalhes do Cerrado. “Valeu a pena ter vindo aqui, foi um dia muito legal”, disse a aluna. Um outro colega, Eduardo Gomes, 16 anos, destacou o aprendizado sobre algumas animais, sobretudo como se comportam felinos e canídeos silvestres. “A manhã aqui foi muito legal, aprendemos sobre novos assuntos, temas que muitas vezes não vemos chegam à sala de aula”, disse. 


Os quase 50 alunos foram em companhia da professora de biologia, Flaviana Pereira, e do professor de geografia, Júlio César de Souza. Segundo Flaviana, a aula de campo agrega valor ao que os alunos aprendem em sala de aula. “Valeu muito a pena ter vindo aqui. A recepção foi muito bacana, e percebemos que os alunos gostaram e aproveitaram muito essa manhã de visitação”, disse a professora de biologia.


Visitas agendadas

O Parque Estadual Altamiro de Moura Pacheco receberá, ainda neste mês de maio, outras visitas nos dias 05, 09, 12 e 22 de maio. “O parque segue aberto para visitação normal. Estamos aqui justamente para essa integração entre a sociedade e o cerrado.”


O Peamp fica inserido nos municípios de Goiânia, Nerópolis e Goianápolis, com uma área de aproximadamente 2,1 mil hectares. A unidade de conservação é de proteção integral e administrada pelo Estado de Goiás. A criação foi feita por meio da Lei Estadual nº 11.878 de dezembro de 1992.


A unidade de conservação é vizinha do Parque Estadual do João Leite (PEJoL), criado em 2014. Desta forma, os dois parques somam uma área contínua de 4.964 hectares, ocupada principalmente por florestas estacionais semideciduais e matas de galeria, ecossistemas florestais que estão entre os mais devastados do mundo.


O principal objetivo do parque é a proteção do maior remanescente de floresta estacional da região central do Estado de Goiás. O Peamp também possui sítios arqueológicos que abrigam vestígios da presença de povos indígenas agricultores-ceramistas da tradição Aratu, que viveram na região pelo menos até meados do século XIV. O Peamp ainda protege o reservatório João Leite, principal fonte de água para a Região Metropolitana de Goiânia.





Foto: Semad


Legenda: Alunos do 2º ano do Colégio Estadual Alfredo Nasser, de Terezópolis, participam de aula de campo no Parque Estadual Altamiro de Moura Pacheco


* Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável - Governo de Goiás 


true 2023 pt-BR WebPage https://www.jornalonlinenossavoz.com/#website https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEhCdTtkkrlVhSxzoNIN5BQpcgmbFH98fUeptSg8FzWAK1M8yzRd07rAcX2cWE6sallA1UzFLkneTuO_700Vv6OB36uUncDXAkbDgZRHqByUzeDKFcXTcbSGqefiVIlHt79D_4e-8fsTT_F-Msn45-GCblY8ntslfxuCoeZwUV0aNnI7YuTc3v8dY9RA/w1920/divulgacao.jpg Notícias Goiás Últimas notícias Notícias Goiás Uncategorized

Estudantes da rede estadual de Terezópolis estudam fauna e flora do Cerrado durante aula no Peamp

Cerca de 45 alunos estiveram no parque estadual; unidade deve receber novas visitas ainda neste mês. 


Foto: Semad-GO 


Estudantes do segundo ano do Colégio Estadual Alfredo Nasser, em Terezópolis, participaram nesta terça-feira (02/05) de aula de campo no Parque Estadual Altamiro de Moura Pacheco (Peamp). Os jovens, que estão concluindo estudos sobre ecologia, tiveram contato direto com a natureza e aprofundaram conhecimentos sobre o Cerrado. “Foi um dia importante para trazermos esse conhecimento sobre o cerrado aos jovens, todos interagiram muito bem com a aula”, disse o chefe da unidade de conservação Marcelo Pacheco, que comandou a aula.


Para a estudante Miriã dos Santos, 17 anos, o “mais interessante” foi conhecer detalhes do Cerrado. “Valeu a pena ter vindo aqui, foi um dia muito legal”, disse a aluna. Um outro colega, Eduardo Gomes, 16 anos, destacou o aprendizado sobre algumas animais, sobretudo como se comportam felinos e canídeos silvestres. “A manhã aqui foi muito legal, aprendemos sobre novos assuntos, temas que muitas vezes não vemos chegam à sala de aula”, disse. 


Os quase 50 alunos foram em companhia da professora de biologia, Flaviana Pereira, e do professor de geografia, Júlio César de Souza. Segundo Flaviana, a aula de campo agrega valor ao que os alunos aprendem em sala de aula. “Valeu muito a pena ter vindo aqui. A recepção foi muito bacana, e percebemos que os alunos gostaram e aproveitaram muito essa manhã de visitação”, disse a professora de biologia.


Visitas agendadas

O Parque Estadual Altamiro de Moura Pacheco receberá, ainda neste mês de maio, outras visitas nos dias 05, 09, 12 e 22 de maio. “O parque segue aberto para visitação normal. Estamos aqui justamente para essa integração entre a sociedade e o cerrado.”


O Peamp fica inserido nos municípios de Goiânia, Nerópolis e Goianápolis, com uma área de aproximadamente 2,1 mil hectares. A unidade de conservação é de proteção integral e administrada pelo Estado de Goiás. A criação foi feita por meio da Lei Estadual nº 11.878 de dezembro de 1992.


A unidade de conservação é vizinha do Parque Estadual do João Leite (PEJoL), criado em 2014. Desta forma, os dois parques somam uma área contínua de 4.964 hectares, ocupada principalmente por florestas estacionais semideciduais e matas de galeria, ecossistemas florestais que estão entre os mais devastados do mundo.


O principal objetivo do parque é a proteção do maior remanescente de floresta estacional da região central do Estado de Goiás. O Peamp também possui sítios arqueológicos que abrigam vestígios da presença de povos indígenas agricultores-ceramistas da tradição Aratu, que viveram na região pelo menos até meados do século XIV. O Peamp ainda protege o reservatório João Leite, principal fonte de água para a Região Metropolitana de Goiânia.





Foto: Semad


Legenda: Alunos do 2º ano do Colégio Estadual Alfredo Nasser, de Terezópolis, participam de aula de campo no Parque Estadual Altamiro de Moura Pacheco


* Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável - Governo de Goiás 


 

Postado por:

quinta-feira, 04 maio 2023, 12:47:00
 

Descrição: Estudantes da rede estadual de Terezópolis estudam fauna e flora do Cerrado durante aula no Peamp Legenda; Estudantes da rede estadual de Terezópolis estudam fauna e flora do Cerrado durante aula no Peamp

 
TAG´s:

 

 

Comentários