Emendas Impositivas

About Me

header ads



header ads


   Compartilhar    Contador-img1  

Hospital de Urgências de Goiás forma 31 médicos residentes

Programa de Residência Médica oferecida pelo Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, prepara especialistas na prática clínica e cirúrgica nos hospitais de referência da rede estadual. 


 Solenidade de formatura de 31 médicos residentes 


O Hospital de Urgências de Goiás Dr. Valdemiro Cruz (Hugo) formou 31 novos médicos especialistas na noite desta sexta-feira, 20. A celebração de uma especialização num dos hospitais de referência regional em urgência e emergência foi marcada pela emoção. Os novos especialistas estão aptos a atuar em áreas como anestesiologia, área cirúrgica básica, cardiologia, cirurgia geral, clínica médica, geriatria, medicina intensivista, neurologia e ortopedia e traumatologia. 


“Através da Residência Médica os profissionais discutem e aplicam seus conhecimentos teóricos no campo da prática, possibilitando que exercitem em cenários reais todos os aspectos de sua formação. Enquanto governo estadual, a Secretaria de Saúde (SES) tem ciência da excelente formação desses profissionais nos hospitais de referência estaduais, como o Hugo”, disse a superintendente da escola de Saúde de Goiás,  Viviane Cassimiro, que representou o governador Ronaldo Caiado na solenidade. 


O coordenador da Comissão de Residência Médica do Hugo (Coreme), Dr. Francisco Albino Rebouças Júnior revela que o sentimento é de gratidão e de dever cumprido. “Gratidão pelo privilégio de ser parte de algo tão importante para sociedade, como é a formação de bons especialistas médicos. Especialistas que vão cuidar de cada um de nós no decorrer das nossas vidas. Sensação de dever cumprido por termos oferecido a cada um desses médicos condições adequadas para a formação de bons especialistas, segundo o Ministério da Educação (MEC)”, afirmou. 


Ele ainda destaca que a residência médica é sem dúvida a melhor forma de pós-graduação na área médica. “O treinamento exaustivo e supervisionado em diversas formas, dentro de cada especialidade, proporciona um cenário ideal para formação de excelentes especialistas”, disse Dr. Francisco Albino Rebouças Júnior.


Novos especialistas

O residente em ortopedia e traumatologia, João Emílio Hanum Paes, falou em nome dos formandos, celebrando a nova conquista. “Hoje encerramos uma trajetória muito bonita. Foram três anos de preparação para o vestibular, seis anos de faculdade, sendo os dois últimos de internato e muito estudo para entrar na sonhada residência. Nesse processo, evoluímos e saímos gigantes disso tudo. De uma coisa eu tenho certeza, nós, filhos do HUGO, temos a melhor formação do estado de Goiás”, revelou.


O diretor técnico do Hugo, Luís Henrique Gabriel, ressalta que a unidade é um orgulho dos goianos por ser um hospital de ensino de referência internacional. “Temos  um programa de ensino, pesquisa e ciência que é referência nacional, formando especialistas em diversas áreas. Médicos preceptores da Diretoria de Ensino e Pesquisa do hospital têm reconhecimento internacional com trabalhos publicados em periódicos de circulação mundial, atestando a excelência dos profissionais”, finalizou. 


Homenagem

Durante a solenidade, os residentes homenagearam a preceptora de cardiologia Dra. Valeria Tatyane de Rezende. Ela foi presenteada com uma placa e a residente Loianny Moraes Silva discursou, em nome da turma, para a homenageada. “Dra Valéria, não só direciona o caminho, como vive intensamente cada passo conosco. Quando buscamos referência acerca da residência de Cardiologia do HUGO, é unânime a máxima que mais que uma preceptora, a senhora é uma mãe para os residentes”, enfatizou.


A preceptora foi homenageada por reunir competência técnica com  olhar crítico e humanizado para cada paciente, com postura ética e total profissionalismo. A cardiologista Valéria Tatyane começou na preceptoria no Hugo em 2005, quando iniciou a residência na unidade. “Para mim sempre foi uma alegria estar no meio dos jovens, ensinando o que eu sei. Meu envolvimento com a preceptoria me entender a importância do ensino e de como ensinar, pois queremos formar além de bons profissionais, um bom ser humano, uma pessoa que tenha carinho pelo próximo”, disse.


A médica ressalta que a homenagem se estende a todos os preceptores da unidade. “O trabalho não é só meu, ele pertence a um grupo. Nós somos interdependentes e precisamos de todo mundo. A homenagem é para todo o trabalho de gostar de ensinar, gostar de medicina e de gostar do Hugo. Quem entra no Hugo tem um amor pelo hospital, pela entidade que é e pelo significado que ele tem”, afirmou. 


* Juliana Adornelas (texto e fotos)/Hugo


Hospital de Urgências de Goiás forma 31 médicos residentes | Jornal Online Nossa Voz

Senador Canedo

Fonte

 

fixImgOG fixImgOG fixImgOG