Emendas Impositivas

About Me

header ads



header ads


   Compartilhar    Contador-img1  

Goiás: Saúde investe R$ 181 milhões em aquisição de equipamentos

Secretaria de Estado da Saúde comprou tomógrafos, aparelhos de ressonância e outros equipamentos que atendem a população em hospitais e policlínicas, em todas as regiões do estado. 



O Governo de Goiás investiu R$ 181.166.297,50, de 2019 a 2022, em equipamentos para as unidades da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO). As aquisições foram destinadas a 18 hospitais e seis policlínicas, distribuídos em todo estado, fortalecendo a regionalização da saúde, um dos pilares da atual gestão.


“Como médico e governador do Estado, minha função é salvar vidas e melhorar as condições em que as pessoas vivem. Com respeito ao dinheiro público, conseguimos investir na regionalização da saúde e levar o que há de melhor para os 7,2 milhões de goianos. Já fizemos muito, e vamos avançar ainda mais”, destaca o governador Ronaldo Caiado.


O titular da SES-GO, Sérgio Vencio, comemora os investimentos que garantem melhor qualidade aos usuários do SUS em Goiás e eficiência operacional e financeira aos cofres públicos.


“O governo estadual está garantindo o direito e o acesso dos goianos à saúde de qualidade, nas diversas regiões do estado”, avalia. E acrescenta que o trabalho coordenado pelo governador alcança o cidadão de forma regionalizada.


Equipamentos para Saúde


Para o Hospital Estadual Alberto Rassi (HGG), o Governo de Goiás adquiriu um novo microscópio cirúrgico, avaliado em mais de R$ 1,5 milhão, em outubro deste ano. O aparelho auxilia em procedimentos de alta complexidade, como cirurgias vasculares e tumores cerebrais.


O primeiro uso foi durante cirurgia para remoção de um tumor na região torácica de um paciente. “Sem esse equipamento, seria praticamente impossível fazer a ressecção do tumor, porque precisamos visualizar muito bem o tecido neural da medula e o tecido tumoral. A imagem que esse equipamento entrega para nós é magnífica", explica o neurocirurgião Anibal Cintra Neto.


No Hospital Estadual de Trindade Walda Ferreira dos Santos (Hetrin) houve a aquisição de um tomógrafo, no valor de R$ 1,6 milhão. O equipamento produz imagens de corpo inteiro com alta qualidade.


Essa tecnologia auxilia no diagnóstico de doenças ósseas ou musculares, identificação de tumores, infecções ou coágulos, além de servir para detectar e monitorar lesões ou doenças.


O Hospital Estadual de Urgências de Goiás Dr.Valdemiro Cruz (Hugo), referência em traumatologia no estado, recebeu um novo tomógrafo, moderno e resolutivo; e aparelho de raio X digital com alta qualidade de imagem. O investimento foi de R$ 2,3 milhões.


Ao Hospital Estadual de Aparecida de Goiânia Cairo Louzada (Heapa) o governo entregou um tomógrafo, com investimento de R$ 3 milhões. O aparelho de última geração permite a realização de cerca de 3 mil exames por mês, volume três vezes maior do que o equipamento anterior suportava.


As imagens processadas são de alta resolução, capazes de gerar 64 canais de imagem por ciclo, o que facilita o diagnóstico de várias doenças.


Regionalização


O Hospital Estadual São Luís de Montes Belos Dr. Geraldo Landó (HESLMB) recebeu novas poltronas de repouso para acompanhante, novos colchões pneumáticos para os leitos de UTI e longarinas para serem acomodadas na recepção. Com isso, é possível oferecer mais conforto e comodidade para pacientes e familiares que aguardam consultas.


No Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol) foi inaugurado o Serviço de Ressonância Magnética. O aparelho é um dos mais sofisticados do gênero em Goiás, capaz de produzir imagens de alta resolução com até 180 canais de diferentes órgãos, como cabeça/pescoço, mama, joelho, ombro, pulso, pé, tornozelo, coluna total e coração.


Eficiência financeira


A readequação da Central de Material Esterilizado (CME) do Hugo, com a compra de equipamentos modernos (lavadoras, secadoras, autoclave e termodesinfectora), garantiu economia de quase R$ 500 mil mensais.


Os profissionais responsáveis pela esterilização dos materiais e equipamentos passaram por capacitação. Eles conseguem atender todas as áreas do hospital em um período de 24 horas. Isso garantindo maior agilidade nos processos, com a devolução rápida dos instrumentais cirúrgicos.


Novas unidades


Para o projeto de regionalização da saúde, que envolveu a estadualização de quatro hospitais, além da inauguração de seis policlínicas e do Hospital Estadual do Centro-Norte Goiano (HCN) e Hospital Estadual da Criança e do Adolescente (Hecad), foi necessário equipar totalmente as unidades. Somente nos equipamentos no HCN, o governo investiu R$ 26,8 milhões.


Nas seis policlínicas, o investimento em equipamentos superou os R$ 48 milhões, garantindo acesso dos goianos a mais de 20 especialidades médicas e exames de alta complexidade, como mamografia, tomografia computadorizada, radiografias, oftalmológicos, entre outros.


Foto: SES-GO 

* Secretaria de Estado da Saúde - Governo de Goiás


Goiás: Saúde investe R$ 181 milhões em aquisição de equipamentos | Jornal Online Nossa Voz

Senador Canedo

Fonte

 

fixImgOG fixImgOG fixImgOG