About Me

header ads


About Me 2

header ads


   Compartilhar    Contador-img1  

Farmacêuticos da rede estadual de Policlínicas recebem capacitação para implementação do SAE

Serviço de Assistência Especializada vai proporcionar atendimento às pessoas com HIV/aids e hepatites virais em unidades de seis municípios.


Farmacêuticos das Policlínicas Estaduais participam da capacitação para ampliação do SAE 


Farmacêuticos das Policlínicas Estaduais de Posse, Goianésia, Quirinópolis, Formosa, São Luís de Montes Belos e Goiás participam, nesta sexta-feira (12/8), de uma capacitação para implementação do Serviço de Assistência às Especialidades (SAE), realizada na Escola de Saúde de Goiás. 


A capacitação, realizada pela Gerência de Assistência Farmacêutica da Secretaria de Estado da Saúde de Goías (SES GO), visa fornecer informações sobre os medicamentos utilizados para tratamento de Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), aids e hecom patites.


O papel do farmacêutico nesse serviço, que será oferecido em uma sala exclusiva nas Policlínicas, é aproximar o profissional do paciente, deixando para trás a ideia do farmacêutico que faz atendimento somente no balcão. 


“São pacientes diferenciados, que buscam informações sobre as doenças e tratamentos, ao mesmo tempo que precisam de orientações básicas. Por isso, os farmacêuticos precisam estar bem preparados para atendê-los”, explica a coordenadora de Componente Estratégico, Viviane de Cassia Troncha Martins.


Outro foco do SAE, enfatizado na capacitação, é fazer com o que os pacientes não abandonem o tratamento e façam uso correto da medicação prescrita pelos médicos. 


O que é o SAE

O Serviço de Assistência Especializada (SAE) é responsável pela assistência ambulatorial às pessoas vivendo HIV/aids e hepatites virais. Seu objetivo é prestar atendimento integral e de qualidade aos pacientes, por meio de uma equipe multidisciplinar. 


O SAE está incluído na carteira de serviços das Policlínicas, e a preparação é para disponibilizar esse  atendimento à população, ampliando ainda mais o serviço, que já conta cerca de quinze SAEs disponíveis no Estado. 


Para que o serviço seja efetivado nas Policlínicas, ainda faltam outras fases que incluem atenção primária e secundária da rede de saúde, além de capacitações que darão suporte para os profissionais da área. 


Yara Galvão (texto/fotos)


Farmacêuticos da rede estadual de Policlínicas recebem capacitação para implementação do SAE | Jornal Online Nossa Voz

Senador Canedo

Fonte

 

fixImgOG fixImgOG fixImgOG