About Me



About Me 2

header ads


   Compartilhar    Contador-img1  

Dois prefeitos se filiam ao PSC a convite de Glaustin da Fokus

Em ascensão em Goiás, com sete gestores eleitos em 2020, Partido Social Cristão atraiu Diogo Rosa, de Davinópolis, e Renato Damásio, de Palmelo.


Prefeito de Davinópolis, Diogo Rosa, presidente estadual do PSC, Eurípedes do Carmo, prefeito de Palmelo, Renato Damásio, e deputado federal Glaustin da Fokus. Foto Marcos Souza


O Partido Social Cristão (PSC) filiou mais dois prefeitos goianos nesta semana. Os gestores Diogo Rosa, de Davinópolis, e Renato Damásio, de Palmelo, assinaram suas fichas de filiação no último sábado (30), a convite do deputado federal Glaustin da Fokus (PSC-GO), durante encontro em Aparecida de Goiânia com centenas de lideranças empresariais, políticas e religiosas.


Sem nenhum prefeito sequer eleito em Goiás em 2016, o PSC tem subido de patamar em ritmo acelerado. Primeiro, em 2018, a sigla elegeu Glaustin como seu primeiro deputado federal da história no estado, com 100.437 votos, e ainda sagrou o deputado estadual Henrique César como campeão das urnas naquele pleito para a Assembleia Legislativa, com 46.545 votos.


Depois, em 2020, a legenda garantiu sete prefeituras – número agora ampliado para nove, graças às filiações de Diogo Rosa e Renato Damásio. Na ocasião, diante de uma forte presença de Glaustin nas campanhas eleitorais pelo interior goiano, o PSC ascendeu ao poder municipal com Adelicia Moura (Israelândia), Barbosinha (Paranaiguara), Solange Gouveia (Caldazinha), Solimar Cardoso (Marzagão), Talvani Couto (Palestina de Goiás), Uiltinho Santos (Terezópolis de Goiás) e Valter Aleixo (Mozarlândia).


“Posso dizer que, dois anos atrás, o PSC apenas entrou em projetos com a condição de participar efetivamente do desenvolvimento das cidades. Desde então, em cada um desses municípios, nos colocamos à disposição para ajudar a resolver as necessidades locais, seja com emendas parlamentares, seja pelo apoio na interlocução com ministérios”, disse Glaustin. “Agora, estamos prontos para crescer ainda mais, quem sabe com duas cadeiras na Câmara dos Deputados e outras duas ou até mais na Assembleia Legislativa.”


O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (UB), enalteceu o crescimento do partido nas duas últimas eleições em seu discurso no encontro em Aparecida de Goiânia. “Um dos homens que eu mais respeito no estado é o presidente do PSC, exatamente o meu amigo Eurípedes do Carmo”, afirmou. “Esse homem dá o norte a essa sigla que antigamente nem existia, sem nunca ter eleito um deputado federal antes do próprio Glaustin, e hoje é um dos partidos mais fortes da política goiana, pela liderança de pessoas como eles dois.”


Nas câmaras municipais, entre 2016 e 2020, a quantidade de vereadores eleitos pelo PSC subiu de 44 para 101. Outro número em expansão é o de vice-prefeitos, com as recentes filiações de Ana Lúcia (Luziânia) e Márcio Cândido (Anápolis), que se somam aos 10 correligionários que assumiram seus mandatos no início de 2021: Ademir da Santa Ana (Araguapaz), Diogo Guimarães (Varjão), Guinaldo Cabeleireiro (Israelândia), Jeso Vidal (Jesúpolis), Lima Vendedor (Santo Antônio do Descoberto), Lucas do Galdino (Bonfinópolis), Lulinha (Cidade Ocidental), Samir Sahori (Formosa), Suzana Gontijo (Cachoeira de Goiás) e Zequinha da Saneago (Aloândia).


Fotos: Marcos Souza

Fonte: ASCOM


Dois prefeitos se filiam ao PSC a convite de Glaustin da Fokus | Jornal Online Nossa Voz

Senador Canedo

Fonte

 

fixImgOG fixImgOG fixImgOG