About Me

header ads


About Me 2

header ads


   Compartilhar    Contador-img1  

Ações do Agosto Lilás, mês de combate a violência doméstica movimentam Senador Canedo

“Uma média de 35 mulheres são atendidas aqui no Creas, e os atendimentos acontecem em grupos bem menores pelo fato dessas mulheres não se sentirem à vontade em expor seus dramas e conflitos” destaca Célia Regina, coordenadora do CREAS




A Prefeitura de Senador Canedo por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania (SEMASC), vem realizando ações relacionadas a campanha Agosto Lilás, que reforça a importância do enfrentamento à violência doméstica e familiar contra a mulher. Um exemplo disso, é a roda de conversa com diversas palestras explicativas sobre como e onde denunciar casos de violência, realizada na última quarta-feira (10), no Centro de Referência Especializado de Assistência Social -CREAS,

O evento promovido pelo CREAS, contou com mais de 40 mulheres entre servidoras e usuárias da Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos (PAEFI), serviço prestado pelo centro que garante uma rede de proteção destinado a famílias e pessoas em situação de risco social ou que tiveram direitos violados. 


O momento permitiu tirar dúvidas sobre guarda compartilhada, alienação parental, abuso físico e psicológico, além de outros assuntos dentro do tema proposto. A coordenadora do CREAS, Célia Regina, ressalta a importância do atendimento à mulher vítima de violência.


“A maioria dos encaminhamentos são feitos pela Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher – DEAM, tem também a equipe da CUFA que é formada por uma psicóloga e uma assistente social que está atendendo dentro da delegacia e dá esse primeiro atendimento. Nós trabalhamos com uma rede de proteção que vem crescendo, um dos parceiros que assim que a gente solicita é o sistema S que nos auxilia com qualificação e a secretaria de trabalho prioriza os pedidos do CREAS com os encaminhamentos ao mercado de trabalho", pontuou.


As ações ainda serão direcionadas para as feiras livres do município, com foco inicial na feira de quarta no Jardim das Oliveiras. “Ainda é um serviço de formiguinha, a gente trabalha com as parcerias da Central Única das Favelas – CUFA, o CREAS, a Diretoria de Políticas Afirmativas, DEAM, Ministério Público entre outros, com isso formamos essa rede de proteção”, explicou Val de Sá, gerente de atenção à mulher.


Em Senador Canedo, as ações voltadas para a mulher e seus dependentes vítimas de violência tem funcionado na prática, exemplo disso é o programa Cidadania Veste Bem que auxilia a mulher com roupas fornecidas pela lojinha da SEMASC.


“São mulheres que na maioria da vezes ficam em um relacionamento onde o companheiro, não deixa trabalhar nem estudar, além da agressão física e psicológica que cometem. Quando esse homem resolve que não quer mais a companheira e essas mulheres chegam abaladas sem condições até de procurar emprego, então a gente faz essa ponte que é dá suporte até ela ter condições de caminhar sozinha”, ressaltou Ellis Lourenço, diretor do CREAS.


Para Pâmela Cristina, psicóloga da CUFA, muitas vezes o homem se torna violento pela série de questões que envolvem a vida dele. “A gente atende homens que percebem que são violentos e querem mudar. É necessário fazer o atendimento à mulher, mas precisamos atender esses homens também com auxilio psicológico para evitar que ele continue perpetuando a violência com outras mulheres”, disse.


O programa Maria João sem violência, já atendeu cerca de 50 homens e conta com grupos diversos que atende atualmente até 6 homens por grupo. Os encontros acontecem semanalmente no prédio da Delegacia da Mulher em Senado Canedo.


“A gente tem a mania de dizer que homem não fala, mas homem fala muito, eles conversam e choram. Os primeiro grupos eram de 16 participantes mas estava demorando muito, daí passamos a atender um número menor por grupo”, concluiu Pamela Cristina.


É fundamental que essas mulheres entendam a importância de permanecerem dentro do programa PAEFI para que o serviço seja executado de forma eficaz, afinal de contas um novo ciclo começa na vida de cada uma.





Texto por Clarah Menezes

Fotos por Vitória Carvalho


Ações do Agosto Lilás, mês de combate a violência doméstica movimentam Senador Canedo | Jornal Online Nossa Voz

Senador Canedo

Fonte

 

fixImgOG fixImgOG fixImgOG