About Me



About Me 2

header ads


   Compartilhar    Contador-img1  

Crimes violentos em Goiás têm queda histórica no 1º semestre do ano



Novos dados do Observatório de Segurança Pública, da Secretaria de Segura Pública de Goiás (SSP), mostram redução de até 61% nas estatísticas de violência no estado, comparando o primeiro semestre deste ano a igual período de 2021. O estudo considera crimes contra o patrimônio, que são os roubos em diversas modalidades, e crimes letais, como os homicídios.


Nos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), que abarcam os crimes contra a vida, como homicídio doloso e latrocínio, Goiás registrou queda de 12%. Essa sigla é uma metodologia adotada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública.


O avanço na diminuição das ocorrências também foi verificado nos Crimes Violentos Contra o Patrimônio (CVP) que apresentaram, no mesmo período, recuo de 17%. Os números são os menores desde que os indicadores de criminalidade passaram a ser aferidos pelo Observatório de Segurança Pública da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), em 2011.


Na taxa de Crimes Violentos Contra o Patrimônio, que inclui todas as ocorrências de roubo consumado, destacam-se as reduções de roubo de veículos (-25%), roubo em comércio (-28%), roubo de cargas (-61%), roubo a transeuntes (-17%) e roubo em propriedade rural (-28%), comparando o primeiro semestre de 2022 com o mesmo período de 2021.


Já nos Crimes Violentos Letais Intencionais, o destaque é a redução dos registros de homicídios (-12%). O mês de junho de 2022 obteve a menor taxa desse crime, desde o início da compilação dos dados: 68 ocorrências em todo estado.


Produtividade das forças de segurança


No primeiro semestre de 2022, as forças de segurança pública de Goiás cumpriram 2.669 mandados de prisão e realizaram 13.310 prisões em flagrante. Nesse período, 601.594 pessoas foram abordadas, 2.593 armas de fogo foram apreendidas e 2.187 veículos foram recuperados.


O Corpo de Bombeiros Militar realizou 10.052 ações de busca e salvamento, 43.704 resgates, além do combate a 1.606 incêndios urbanos e 3.034 combates a incêndios florestais nos seis primeiros meses do ano. O Grupamento de Ações e Respostas Rápidas (Garra), implantado em 2019, realizou 1.318 atendimentos na Região Metropolitana de Goiânia. Já o Serviço de Resgate Aéreo completou 102 atendimentos.


 

Crimes violentos em Goiás têm queda histórica no 1º semestre do ano | Jornal Online Nossa Voz

Senador Canedo

Fonte

 

fixImgOG fixImgOG fixImgOG