About Me

header ads


About Me 2

header ads

   Compartilhar    Contador-img1  

"Barragem" é o filme vencedor do Fica 2022

Aconteceu na manhã deste domingo (05/06) o evento de encerramento da 23ª edição do Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica), na cidade de Goiás 


A cerimônia de premiação das mostras competitivas aconteceu no Cine Teatro São Joaquim. O musical 7X Pecado, da Broadway In Concert, fechará a programação cultural do festival, que teve 13 dias de duração e formato presencial, depois de dois anos de restrições por conta da pandemia de Covid-19.


O 23º Fica mostrou seu protagonismo com números impressionantes: foram 474 filmes inscritos para mostras competitivas, produções que vieram de 20 países. Além da exibição de filmes e oficinas, ofertou shows de diversos cantores vilaboenses, apresentações artísticas e culturais espalhadas pela cidade, encontro multiétnico, espetáculo de teatro, feira gastronômica, mostras de fotografia e muito mais.


A agenda de shows artísticos, encerrada no último sábado com o show da cantora mato-grossense Vanessa da Mata, foi um oferecimento do Sesc, que investiu mais de R$ 650 mil na edição do Fica desse ano, de um total de R$ 5 milhões, considerando a contrapartida do governo estadual.


A parceria Sesc/Governo Estadual terá continuação em outros festivais vindouros, como Canto da Primavera, em Pirenópolis; e Mostra Nacional de Teatro (TeNpo), em Porangatu.


O Secretário de Cultura, Marcelo Carneiro, destacou a importância do Fica para a valorização das produções e da cultura local. Finalizou desejando que todos tenham aproveitado o festival e que levem para suas casas mais informação e conscientização. “O Fica se despede esse ano deixando um legado de valorização do cinema, do meio ambiente e também de esperança de dias melhores”, enfatizou.


Confira os filmes vencedores da 23° edição do Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental 


-Mostra Washington Novaes


​​Prêmio Cora Coralina (melhor filme do ano)


Barragem


Direção:  Eduardo Ades


-Prêmio Carmo Bernardes (melhor direção)


Castelo de Terra


Direção: Oriane Descout


-Prêmio Acari Passos (melhor curta ou média-metragem)


Mar concreto


Direção: Julia Naidin


- Prêmio João Bennio (melhor filme goiano)


O dente de dragão


Direção: Rafael Castanheira Parrode


-Prêmio Jesco Von Puttkamer (melhor filme júri jovem)


Benzedeira


Direção: San Marcelo e Pedro Olaia


-Prêmio José Petrillo (melhor filme do júri imprensa)


Castelo de Terra


Direção: Oriane Descout


​Prêmio Luiz Gonzaga Soares (melhor filme júri popular)


Castanhal


Direção: Marques Casara e Rodrigo Chagas


-Menções Honrosas


Goyania – Outubro Ou Nada, de  Uliana Duarte


Fragmentos de Gondwana, de  Adalberto Oliveira


Mostra do Cinema Goiano


Melhor filme de ficção


Até a luz voltar


Direção: Alana Ferreira


Melhor filme documentário


Ritual Sagrado Kuarup: Entre o luto e o recomeço


Direção: Rosa Berardo


Melhor filme experimental


Memby


Direção: Rafael Castanheira Parrode


Melhor filme de animação


O retrato do mal


Direção: Márcio Jr. E Márcia Deretti


Melhor direção


Matheus Amorim, por Conto dos Lobos


Melhor direção de fotografia


J. C. Abreu, por Conto dos Lobos


Melhor roteiro


Joicy Viegas, por A falta dela


Melhor montagem


Rafael Parrode, por Memby 


Melhor atuação


Até a Luz Volta, de Alana Ferreira,


Melhor som


Rafael Parrode e Belém de Oliveira, por Memby


Melhor trilha musical


Edson Seco e Juliana Freire, por Eldorado


Melhor direção de arte


São Jorge, Terra de cultivo, de Natália Vitral e Flávio Teixeira


-Mostra Becos da Minha Terra


- Melhor filme


Capitão Tocha


Direção: Matheus Amorim


-Melhor direção


Laura Freitas, por Quando as Pupilas se dilatam


- Melhor montagem


Elder Patrick, por Bola da Vez


-Melhor som


Elder Patrick, por Capitão Tocha


- Melhor roteiro


Elder Patrick, por Bola da Vez 


- Mostra de videoclipes


Melhor videoclipe nacional


Lamento de força travesti


Direção: Renna Costa


Melhor videoclipe goiano


Contramão


Direção: Kelvy Alves e Sandro Almeida


Menções Honrosas


Um dia de fúria, de Brunno Bimbati 


Chorar, de Juliana Segóvia


Fica 2022


Fonte: SECULT-GO


"Barragem" é o filme vencedor do Fica 2022 | Jornal Online Nossa Voz

Senador Canedo

Fonte

 

fixImgOG fixImgOG fixImgOG