About Me

header ads


About Me 2


   Compartilhar    Contador-img1  

Progressistas reúne mais de 200 lideranças femininas em Anápolis

No Encontro, as mulheres reafirmaram seu apoio a pré-candidatura do presidente da legenda, Alexandre Baldy, ao Senado




Com o objetivo de incentivar a participação da mulher no cenário político eleitoral goiano, o Progressistas Goiás realizou nesta quarta-feira (11) o 1º Encontro Estadual do Progressistas Mulheres de 2022. O evento foi em Anápolis e contou com a participação de mais de 200 mulheres do partido, entre lideranças políticas, prefeitas, vice-prefeitas e pré-candidatas a deputadas estadual e federal. No Encontro, as mulheres filiadas ao partido reafirmaram seu apoio a pré-candidatura do presidente da legenda, Alexandre Baldy, ao Senado.

 

Para Alexandre Baldy, garantir a participação plena e efetiva das mulheres e a igualdade de oportunidades para a liderança em todos os níveis de tomada de decisão na vida política, econômica e pública só vem a fortalecer a democracia, a promoção da igualdade de gênero e o empoderamento dessas mulheres. “Nosso partido [Progressistas] promove essa democracia paritária, um regime democrático justo e inclusivo que permite às mulheres liderar e participar de forma igualitária da tomada de decisão, junto com os homens, para contribuir com a agenda pública”, destaca.


O Progressistas Goiás ostenta o título de ser o partido goiano mais diversificado e com maior número de filiadas mulheres. São 25 mil mulheres filiadas à sigla no Estado, ou seja, mais de 50% do público é composto por mulheres. “Esses números mostram a força da mulher em nosso partido. Elas vão fazer toda a diferença nas urnas e nos cargos que ocuparem. O Progressistas acredita na força do trabalho feminino e incentiva a participação delas em todas as esferas públicas”, complementa Baldy. 


Segundo a presidente do Progressistas em Anápolis, Edna Mendes, é importante a mulher assumir um lugar de destaque na política. Não adianta apenas questionarmos e nos indignarmos. Temos que participar, temos muito a contribuir. Não existe uma única mulher que não seja capaz de contribuir com um processo eleitoral, de uma gestão e de mandatos. Nós somos capazes. Somos, podemos, faremos e estaremos onde quisermos. Isso não é só um discurso, é a vida da mulher”, disse. 


A aprovação do projeto de Lei que determina uma cota mínima de 30% da participação do público feminino em candidaturas eletivas colocou as mulheres ainda mais e evidência nas eleições deste ano. “O presidente estadual no nosso partido [Baldy], sempre defendeu a pauta da mulher em todos os cargos que ocupou. Todos os projetos de Baldy foram focados na valorização e inserção da mulher. Nós mulheres somos a maioria, só não entendemos ainda que temos esse poder”, disse Edna. 


Direito eleitoral

O fortalecimento e a participação das mulheres nos espaços de poder e decisão é um dos eixos prioritários do partido para tratar da importância do papel da mulher na política partidária brasileira, a advogada especialista em direito eleitoral, Stefânia Rodrigues, conversou com as lideranças femininas no Encontro. Segundo a advogada, a não ocupação desses espaços deixa as mulheres à margem dos processos de elaboração das políticas públicas, além de enfraquecer a democracia. “Foi um evento de suma importância à promoção das candidaturas femininas. Pude destacar como o legislador e nossos Tribunais têm se posicionado na busca pela garantia da efetiva participação da mulher na política, promovendo políticas públicas que tornem a disputa mais igualitária, garantindo a elas não apenas o direito ao registro de candidatura, mas também o direito a receber fundos para financiar suas campanhas e tempo de propaganda,” comentou a advogada.


Para a presidente da ala feminina do Progressistas Goiás, Larissa Ferreira, é importante a participação das mulheres nesse tipo de encontro para garantir a inclusão delas na seara política, mas sobretudo, capacitá-las e direcioná-las para compor o cenário político regional e nacional. “Vivemos um momento de vigor do feminismo. Precisamos aproveitar para garantir que essas mulheres ocupem espaços nas casas legislativas”, destaca. O Progressistas conta com mulheres filiadas em todos os 246 municípios goianos. São mais de 40 vereadoras, quatro prefeitas e quatro vices ligadas ao partido espalhadas por Goiás.


Foto: ASCOM


Fonte: ASCOM








Progressistas reúne mais de 200 lideranças femininas em Anápolis | Jornal Online Nossa Voz

Senador Canedo

Fonte

 

fixImgOG fixImgOG fixImgOG