deputado Julio Pina


https://schema.org/ NewsArticle Anúncio de construção e reforma de unidades escolares marcam Seduc Itinerante em Minaçu e Campinaçu Anúncio de construção e reforma de unidades escolares marcam Seduc Itinerante em Minaçu e Campinaçu https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEjKwyQk0QQlvUqimgHy1WLULTP9xgx_N4C91P5OgJXBQjLQQLScR4nJk9HnKPSwGdPHIaNQYandW6JuNP-arESo93dS79WFJUl_1C-u_u-FAIxz-1djBISdn0zdVrmRrT1F_FhJJdfuwkmZLy2rwa0gVhIST9TkSY13rzmDby0Ka73zPRQYzxMST7-I/w1920/divulgacao.jpg Organization Jornal Online Nossa Voz ImageObject https://www.jornalonlinenossavoz.com/2022/05/anuncio-de-construcao-e-reforma-de.html Nos dois municípios, secretária Fátima Gavioli visitou unidades escolares e se reuniu com alunos, professores e servidores

Nos dois municípios, secretária Fátima Gavioli visitou unidades escolares e se reuniu com alunos, professores e servidores.




Além de ganhar uma nova sala de Recursos Multifuncionais para Atendimento Educacional Especializado (AEE), o Centro de Ensino em Período Integral Ministro Santiago Dantas, em Minaçu, receberá recursos para uma ampla reforma. O valor da obra está previsto para R$ 614 mil, mas pode chegar a R$ 1,5 milhão.


A notícia foi dada pela secretária Fátima Gavioli nesta sexta-feira (06/05), durante visita à unidade escolar. O Cepi foi uma das instituições de ensino visitadas por ela dentro da programação da Seduc Itinerante no município.


Durante encontro com alunos, professores e servidores, Fátima Gavioli afirmou que no planejamento feito pela Secretaria de Educação do Estado, 85% das escolas e colégios da rede terão sido reformados até o final deste ano e 100% deles até julho de 2023.


Segundo ela, esses investimentos do Governo de Goiás buscam garantir um melhor ambiente de estudos para os estudantes e um local de trabalho mais adequado para os educadores. “Nós fazemos parte de uma gestão que reconhece que só a educação é capaz de garantir mobilidade social para nossas crianças e jovens”, acrescentou.


A secretária lembrou ainda o compromisso do governador Ronaldo Caiado com a ampliação das escolas de tempo integral no Estado. “Em 2019 eram apenas 56 Cepis, mas hoje temos 265”.


Sonho realizado


No Cepi Ministro Santiago Dantas, Fátima Gavioli inaugurou também a nova sala de AEE (Atendimento Educacional Especializado), que já está atendendo 26 alunos da unidade escolar. Para a diretora Regina Ferreira de Farias, a sala reformada e equipada é a realização de um antigo sonho dos professores.


Encantada com o novo espaço, Adriana Cláudia de Santana, mãe do aluno Marco Antônio Cordeiro Rezende, disse agora entender o entusiasmo do filho para ir à escola. De acordo com ela, o atendimento recebido por Marco tem transformado a vida dele e de sua família. “É aqui que ele me diz que encontra a paz que precisa”, comentou ela.


“A única coisa que peço a vocês é que essa sala seja muito bem utilizada, com livre acesso para os alunos, incluindo os que são da rede municipal e que moram próximo”, frisou a secretária de Educação. Ela acrescentou ser inadmissível que o AEE continuasse sendo tratado da forma como foi nos últimos anos, sendo a pior sala da escola em um lugar escondido.


Especialização na UEG


Durante a inauguração da nova Sala de AEE, Fátima Gavioli deu duas outras boas notícias na área de inclusão. A primeira diz respeito à parceria firmada entre o Governo de Goiás e a Universidade Estadual de Goiás (UEG) para a oferta de um curso de especialização para os professores que trabalham com alunos que necessitam de Atendimento Educacional Especializado.  


A outra boa notícia foi a assinatura de um convênio entre o governo estadual e a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) do município, que garantirá um repasse de R$ 100 mil para a reforma do prédio da entidade e ainda o custeio da folha de pagamento dos professores e da equipe gestora da entidade.


Em nome de seus colegas, a professora Simone Messias fez questão de ressaltar o orgulho e a satisfação que sente em trabalhar na rede pública estadual. “Eu nunca me senti tão respeitada e valorizada como hoje. Como contrato, atualmente eu posso dizer que ganho um salário digno, um salário que mereço”.


Sobre isso, a secretária de Educação salientou que a mudança na forma de tratamento dos servidores da rede faz parte da política de uma gestão que administra para todos sem fazer diferenciação. “Nesse governo não existe diferença entre contratos e efetivos, pois ele enxerga a todos de uma mesma forma”, acrescentou ela.


Um dia histórico


Ainda em Minaçu, Fátima Gavioli também visitou a Escola Estadual Bijamin Tavares da Silva. A unidade escolar é de placas e, em breve, seu prédio será totalmente demolido para dar lugar a uma nova construção, mais moderna, segura e adequada. Conforme a secretária, a licitação será iniciada até o mês de julho e a ordem de serviço deverá ser assinada ainda no segundo semestre deste ano. A obra está orçada em R$ 3,5 milhões. Ela também se reuniu com os gestores da Regional para prestação de contas e alinhamento de ações.


Outra instituição de ensino visitada pela secretária foi o Centro de Ensino em Período Integral (Cepi) Calumério Rodrigues Galvão, em Campinaçu. A unidade educacional recebeu R$ 900 mil em dezembro do ano passado para execução de reforma emergencial e, em breve, terá disponível mais recursos para uma ampla reforma, cujo valor deverá variar entre R$ 1 milhão e R$ 1,5 milhão.  


No município, o Governo de Goiás já investiu mais de R$ 5,7 milhões, incluindo distribuição de uniformes e custeio da merenda e do transporte escolar. De acordo com Fátima Gavioli, até o próximo mês, todos os professores da escola e os alunos do 9º ano do Ensino Fundamental receberão um notebook para uso pedagógico.  


Para a gestora Edislaine Aparecida da Silva, a visita de Fátima Gavioli representava um dia histórico para a comunidade escolar, pois era a primeira vez que a unidade escolar recebia a visita de uma secretária de Educação. O Cepi é a única escola da rede estadual na cidade e atende 260 alunos, sendo 100 no Ensino Fundamental em tempo integral e 160 no Ensino Médio regular.   


Investimentos de R$ 5 milhões


A Regional de Minaçu é responsável por nove unidades escolares da rede estadual em três municípios. De 2019 até agora, já recebeu do Governo de Goiás R$ 5 milhões. “Se formos incluir a reforma das escolas, esse valor sobe para mais de R$ 10 milhões”, frisou a coordenadora Sônia Quintino. Segundo ela, todas as instituições de ensino da Regional já foram beneficiadas com os investimentos.


Seduc Itinerante


Nesta edição da Seduc Itinerante, a secretária Fátima Gavioli foi acompanhada pelas equipes das gerências de Prestação de Contas; Saúde e Bem Estar dos Servidores e Estudantes; Gestão e Modulação; Direitos e Vantagens dos Servidores; Folha de Pagamento; Prestação de Contas PDDE; Prestação de Contas da Merenda Escolar; além da Superintendência de Infraestrutura e Comunicação Setorial.


Fonte: SEDUC-GO


true 2022 pt-BR WebPage https://www.jornalonlinenossavoz.com/#website https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEjKwyQk0QQlvUqimgHy1WLULTP9xgx_N4C91P5OgJXBQjLQQLScR4nJk9HnKPSwGdPHIaNQYandW6JuNP-arESo93dS79WFJUl_1C-u_u-FAIxz-1djBISdn0zdVrmRrT1F_FhJJdfuwkmZLy2rwa0gVhIST9TkSY13rzmDby0Ka73zPRQYzxMST7-I/w1920/divulgacao.jpg Notícias Goiás Últimas notícias Notícias Goiás Uncategorized

Anúncio de construção e reforma de unidades escolares marcam Seduc Itinerante em Minaçu e Campinaçu

Nos dois municípios, secretária Fátima Gavioli visitou unidades escolares e se reuniu com alunos, professores e servidores.




Além de ganhar uma nova sala de Recursos Multifuncionais para Atendimento Educacional Especializado (AEE), o Centro de Ensino em Período Integral Ministro Santiago Dantas, em Minaçu, receberá recursos para uma ampla reforma. O valor da obra está previsto para R$ 614 mil, mas pode chegar a R$ 1,5 milhão.


A notícia foi dada pela secretária Fátima Gavioli nesta sexta-feira (06/05), durante visita à unidade escolar. O Cepi foi uma das instituições de ensino visitadas por ela dentro da programação da Seduc Itinerante no município.


Durante encontro com alunos, professores e servidores, Fátima Gavioli afirmou que no planejamento feito pela Secretaria de Educação do Estado, 85% das escolas e colégios da rede terão sido reformados até o final deste ano e 100% deles até julho de 2023.


Segundo ela, esses investimentos do Governo de Goiás buscam garantir um melhor ambiente de estudos para os estudantes e um local de trabalho mais adequado para os educadores. “Nós fazemos parte de uma gestão que reconhece que só a educação é capaz de garantir mobilidade social para nossas crianças e jovens”, acrescentou.


A secretária lembrou ainda o compromisso do governador Ronaldo Caiado com a ampliação das escolas de tempo integral no Estado. “Em 2019 eram apenas 56 Cepis, mas hoje temos 265”.


Sonho realizado


No Cepi Ministro Santiago Dantas, Fátima Gavioli inaugurou também a nova sala de AEE (Atendimento Educacional Especializado), que já está atendendo 26 alunos da unidade escolar. Para a diretora Regina Ferreira de Farias, a sala reformada e equipada é a realização de um antigo sonho dos professores.


Encantada com o novo espaço, Adriana Cláudia de Santana, mãe do aluno Marco Antônio Cordeiro Rezende, disse agora entender o entusiasmo do filho para ir à escola. De acordo com ela, o atendimento recebido por Marco tem transformado a vida dele e de sua família. “É aqui que ele me diz que encontra a paz que precisa”, comentou ela.


“A única coisa que peço a vocês é que essa sala seja muito bem utilizada, com livre acesso para os alunos, incluindo os que são da rede municipal e que moram próximo”, frisou a secretária de Educação. Ela acrescentou ser inadmissível que o AEE continuasse sendo tratado da forma como foi nos últimos anos, sendo a pior sala da escola em um lugar escondido.


Especialização na UEG


Durante a inauguração da nova Sala de AEE, Fátima Gavioli deu duas outras boas notícias na área de inclusão. A primeira diz respeito à parceria firmada entre o Governo de Goiás e a Universidade Estadual de Goiás (UEG) para a oferta de um curso de especialização para os professores que trabalham com alunos que necessitam de Atendimento Educacional Especializado.  


A outra boa notícia foi a assinatura de um convênio entre o governo estadual e a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) do município, que garantirá um repasse de R$ 100 mil para a reforma do prédio da entidade e ainda o custeio da folha de pagamento dos professores e da equipe gestora da entidade.


Em nome de seus colegas, a professora Simone Messias fez questão de ressaltar o orgulho e a satisfação que sente em trabalhar na rede pública estadual. “Eu nunca me senti tão respeitada e valorizada como hoje. Como contrato, atualmente eu posso dizer que ganho um salário digno, um salário que mereço”.


Sobre isso, a secretária de Educação salientou que a mudança na forma de tratamento dos servidores da rede faz parte da política de uma gestão que administra para todos sem fazer diferenciação. “Nesse governo não existe diferença entre contratos e efetivos, pois ele enxerga a todos de uma mesma forma”, acrescentou ela.


Um dia histórico


Ainda em Minaçu, Fátima Gavioli também visitou a Escola Estadual Bijamin Tavares da Silva. A unidade escolar é de placas e, em breve, seu prédio será totalmente demolido para dar lugar a uma nova construção, mais moderna, segura e adequada. Conforme a secretária, a licitação será iniciada até o mês de julho e a ordem de serviço deverá ser assinada ainda no segundo semestre deste ano. A obra está orçada em R$ 3,5 milhões. Ela também se reuniu com os gestores da Regional para prestação de contas e alinhamento de ações.


Outra instituição de ensino visitada pela secretária foi o Centro de Ensino em Período Integral (Cepi) Calumério Rodrigues Galvão, em Campinaçu. A unidade educacional recebeu R$ 900 mil em dezembro do ano passado para execução de reforma emergencial e, em breve, terá disponível mais recursos para uma ampla reforma, cujo valor deverá variar entre R$ 1 milhão e R$ 1,5 milhão.  


No município, o Governo de Goiás já investiu mais de R$ 5,7 milhões, incluindo distribuição de uniformes e custeio da merenda e do transporte escolar. De acordo com Fátima Gavioli, até o próximo mês, todos os professores da escola e os alunos do 9º ano do Ensino Fundamental receberão um notebook para uso pedagógico.  


Para a gestora Edislaine Aparecida da Silva, a visita de Fátima Gavioli representava um dia histórico para a comunidade escolar, pois era a primeira vez que a unidade escolar recebia a visita de uma secretária de Educação. O Cepi é a única escola da rede estadual na cidade e atende 260 alunos, sendo 100 no Ensino Fundamental em tempo integral e 160 no Ensino Médio regular.   


Investimentos de R$ 5 milhões


A Regional de Minaçu é responsável por nove unidades escolares da rede estadual em três municípios. De 2019 até agora, já recebeu do Governo de Goiás R$ 5 milhões. “Se formos incluir a reforma das escolas, esse valor sobe para mais de R$ 10 milhões”, frisou a coordenadora Sônia Quintino. Segundo ela, todas as instituições de ensino da Regional já foram beneficiadas com os investimentos.


Seduc Itinerante


Nesta edição da Seduc Itinerante, a secretária Fátima Gavioli foi acompanhada pelas equipes das gerências de Prestação de Contas; Saúde e Bem Estar dos Servidores e Estudantes; Gestão e Modulação; Direitos e Vantagens dos Servidores; Folha de Pagamento; Prestação de Contas PDDE; Prestação de Contas da Merenda Escolar; além da Superintendência de Infraestrutura e Comunicação Setorial.


Fonte: SEDUC-GO


 

Postado por:

segunda-feira, 09 maio 2022, 12:32:00
 

Descrição: Nos dois municípios, secretária Fátima Gavioli visitou unidades escolares e se reuniu com alunos, professores e servidores Legenda; Nos dois municípios, secretária Fátima Gavioli visitou unidades escolares e se reuniu com alunos, professores e servidores

 
TAG´s:

 

 

Comentários