About Me

header ads


About Me 2

header ads

   Compartilhar    Contador-img1  

Vanderlan vota a favor do projeto que estabelece o piso salarial nacional para a enfermagem

Projeto foi aprovado por unanimidade no Senado Federal nesta quarta-feira


Fotos: Lindomar Gomes 


O senador Vanderlan Cardoso (PSD-GO) votou a favor do Projeto de Lei 2564/2020 que institui o piso salarial nacional para enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, além de parteiras da rede pública e privada. De autoria do senador Fabiano Contarato (Rede-ES) e relatoria da senadora Zenaide Maia (Pros-RN), o projeto foi aprovado por unanimidade nesta quarta-feira (24). A matéria segue para a Câmara dos Deputados. 


Para Vanderlan, o projeto assegura a categoria com salários dignos e condizentes com o serviço que desenvolve. “Era necessário corrigir a desigualdade salarial entre os profissionais da categoria. O trabalho árduo desses profissionais que foram verdadeiros guerreiros durante a pandemia, merecia esse reconhecimento”, disse o senador. 


O texto do senador Fabiano Contarato fixava, inicialmente, a remuneração de enfermeiros em R$ 7.315. As demais categorias teriam piso proporcional: 70% (R$ 5.120) para técnicos de enfermagem e 50% (R$ 3.657) para auxiliares e parteiras. Porém, uma emenda apresentada pela senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) fixou o piso em R$4.750,00 mensais para enfermeiros; 70% deste valor para técnicos de Enfermagem e 50% para auxiliares e parteiras. Os valores serão atualizados anualmente pelo índice Nacional de Preços aos Consumidor (INPC). O novo valor possibilitou o acordo que culminou na aprovação do projeto. 


“Parabenizo o senador Fabiano Contarato e a senadora Zenaide Maia pela articulação e o brilhante trabalho realizado neste projeto. Meus parabéns a toda categoria que sai vitoriosa com essa votação absolutamente meritória”, finaliza Vanderlan.


Fotos: Lindomar Gomes 



{{ADS001}}

* Ascom


fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG