About Me

header ads


About Me 2

header ads

   Compartilhar    Contador-img1  

EUA terminam Olimpíada de Tóquio no topo do quadro de medalhas

Brasil e Cuba se destacam na América Latina 


Uma série de ouros no final da competição deixou os Estados Unidos no topo do quadro de medalhas da Olimpíada de Tóquio (Japão), superando a China, enquanto Brasil e Cuba se destacaram entre os países da América Latina.


A equipe norte-americana já tinha mais de 100 medalhas ao chegar ao último dia de competições, e garantiu o topo pela terceira vez seguida graças a vários ouros, incluindo do basquete e do vôlei feminino.


Os EUA encerraram a disputa com 39 ouros, um a mais do que a China, e 113 medalhas no total. Entretanto, o resultado ficou abaixo daquele dos Jogos de 2016 (Rio de Janeiro), onde a equipe conseguiu 46 ouros e um total de 121 medalhas.

{{ADS001}}

O Japão ficou em terceiro lugar, à frente do Reino Unido.


“Estamos muito felizes com a atuação da equipe dos Estados Unidos nos Jogos de Tóquio”, disse Susanne Lyons, presidente do Comitê Olímpico dos Estados Unidos.


Como de costume, Brasil e Cuba se destacaram entre as equipes da América Latina. A equipe brasileira terminou na 12ª posição, com sete ouros, seis pratas e oito bronzes.


Os cubanos conquistaram o 14º lugar com sete ouros, três pratas e cinco bronzes.



* Agência Brasil


fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG fixImgOG